Nova freguesia pode escolher sede

A nova freguesia de Azambuja que vai agrupar Manique do Intentende, Maçussa e Vila Nova de S. Pedro poderá apresentar proposta de localização que pode não ser Manique. De acordo com o projecto de lei dos sociais-democratas e dos centristas, a Unidade Técnica para a Reorganização Administrativa do Território decidiu deixar a escolha da localização da nova sede das freguesias que passam a estar aglomeradas a cargo da Assembleia de Freguesia. «No prazo de 90 dias após a instalação dos órgãos que resultem das eleições gerais das autarquias locais de 2013, a assembleia de freguesia delibera a localização da sede». Assim, após as eleições de 2013 e numa Assembleia Municipal já com os novos representantes, poderá ser aprovada a localização da sede da nova freguesia Manique/Maçussa/ Vila Nova.

Correio de Azambuja 2012

 

 

 

Depois do PS, PSD anuncia candidato

Era para ser um nome a divulgar apenas em Janeiro do próximo ano mas o PSD decidiu avançar já com o nome e António Jorge Lopes para cabeça de lista às Autárquicas 2012 em Azambuja.

Depois do PS ter dado a conhecer a vontade de promover Luís de Sousa o actual vice-presidente à liderança secundado por Silvino Lúcio, chega a vez do PSD apresentar o advogado azambujense e actual vereador na oposição. O que deixa antever um curioso despique pois Luís de Sousa tem sido um alvo preferencial da Coligação de direita, liderada por Lopes. Para 3º elemento da lista do PS é apontado o nome de Marina Correia (actual comissária para a Iguldade concelhia) ou mesmo a filha Natacha Correia que poderia substituir  directamente o vereador da Cultura e Juventude Marco Leal.

Para o PSD falta apenas a concordância do PT- Partido da Terra para que a Coligação (Pelo Futuro da Nossa Terra ) venha a repetir a lista de há 4 anos.

Alenquer: crianças intoxicadas

Subiu para 70 o número de crianças de Alenquer  que, na noite de 24 de Novembro se deslocaram ao hospital de Vila Franca de Xira com confirmadas suspeitas de intoxicação alimentar. 6 delas ficaram em observação / hidratação por precaução e são todas procedentes de escolas de Alenquer cujas  cantinas foram abastecidas pela mesma empresa de catering que terá fornecido “um arroz de frango de cheiro muito estranho” segundo afirmaram crianças atingidas. A câmara de Alenquer está a acompanhar a situação.

Correio de Azambuja 2012

 

Luís de Sousa regressa ao dossier piscinas

 

O Vice-presidente da câmara de Azambuja opretende voltar até ao final do mandato a retomar o assunto piscinas municipais de Azambuja. Este é apenas um dos temas abordados pelo agora confirmado candidato do PS às autárquicas de 2013.  Luís de Sousa que confirma a sua vontade em dar continuidade ao trabalho autárquico do Partido Socialista em Azambuja, é o convidado do Programa Hora Extra na rádio Ribatejo esta 6ª feira a partir das 10:00 da manhã.

Pode ouvir a entrevista em : www.ribatejofm.pt

 

Sessão de câmara de 20 Novembro em Azambuja

Realizou-se hoje pelas 15 horas mais uma sessão ordinária da câmara municipal de Azambuja. A sessão decorreu no salão nobre dos Paços do concelho. (em actualização permanente)

Nesta sessão o período antes da ordem do dia não foi ocupada pelo público. A oposição representada pelo vereador Elias Gabirro da CDU voltou a focar críticas à volta das pocilgas de  Casais da Amendoeira que estão a atingir limites inaceitáveis, contando com alguma indiferença por parte da delegada de saúde “que considera normal face à exploração existente” segundo afirmou o vereador Silvino Lúcio que, vai aproveitar a lembrança para recorrer a outras formas de dissuasão  aos proprietários.

Quanto à reunião todos os pontos foram aprovados pela vereação e por unanimidade à excepção de uma proposta para isenção de 90% de taxas e licenças ao Lar “O Sossego” em Casais de Lagoa, facto que motivou o voto contra da CDU por se tratar de uma entidade privada.

A sessão terminou antes das 16 horas.

Correio de Azambuja 2012

Mulheres socialistas visitam Azambuja

Uma delegação do Departamento Federativo das Mulheres Socialistas visitou no passado dia 17 de Novembro  algumas IPSS de Azambuja. O dia aberto da concelhia azambujense serviu para que este núcleo presidido por Teresa Damásio, se inteirasse das condições destas instituições no município, à semelhança do que tem acontecido noutros pontos da Grande Lisboa.  Aproveitando o momento Luís de Sousa,  responsável pela área social da autarquia azambujense, aproveitou para expor uma serie de situações que o preocupam. Uma delas está relacionada com a distribuição de alimentos que vai passar de distrital a municipal, cabendo às autarquia fazer essa gestão, mas sem ajudas das segurança social….

Estado Velho/ Correio de Azambuja 2012