Centro Cultural Azambujense com nova MasterClass

O Centro Cultural Azambujense continua a promover a boa música, e por isso, nos dias 11 e 12 de Abril, recebe uma MasterClass de Flauta Trasnversal, leccionada pela Professora do Conservatório de Música Metropolitana, Sofia Cosme. O evento é aberto a todos os músicos amadores, profissionais, e estudantes. As inscrições já estão disponíveis, e podem ser feitas no Centro Cultural Azambujense, junto da sua secretaria, bem como por email, ou através dos balcões do CTT de Azambuja. O custo total deste fim-de-semana de aprendizagem vai dos 7 aos 19 euros, a que acresce a alimentação de 6 euros, nos dois dias. As dormidas, caso necessárias, são gratuitas.

Rúben Mateus – 2015

Primavera com Sabor a Verão

Após o Inverno, chega o Verão. Não há tempo para Primavera, pelo menos para já. As temperaturas prometem subir ao longo dos próximos dias, e na próxima semana, os termómetros, em alguns locais, vão atingir os 30 graus. Azambuja não será excepção, e este fim-de-semana antevê já este Verão abençoado pela Páscoa. Por isso, e amanhã, Sábado, pode contar com céu pouco nublado, e a máxima a rondar os 23 graus. A noite será fria, não ultrapassando os 10 graus. No Domingo, pouco muda, o céu mantém-se com o sol bem visível, e a máxima chega aos 22 graus. A noite, essa, será um pouco mais quente, a chegar aos 11 graus. A partir de Segunda-Feira, as temperaturas sobem a pique, pedindo passeios, idas até à praia, ou convívio ao ar livre.

Biblioteca Municipal de Azambuja apresenta “Disputado”

A Biblioteca Municipal de Azambuja vai acolher a apresentação da obra literária de Henrique Teodoro, intitulada “Disputado”, no próximo sábado 28 de março de 2015, pelas 16h30. Trata-se de “um” livro em dois volumes, o primeiro – “Alvorar”, e o segundo – “Bruma”. A sessão é aberta ao público.

Henrique Alberto Correia Teodoro é natural da pequena localidade de Espinheira, na Freguesia de Alcoentre, Concelho de Azambuja. É casado, pai de dois filhos , avô de uma neta e está pré-reformado da Portugal Telecom. Nas suas próprias palavras… “a aposentação não pode ser o princípio de um fim, mas deve ser, isso sim, o início de tudo aquilo que a vida não deixou iniciar.” Foi com este espírito que o autor deu liberdade ao dom que Deus lhe deu e se deixou envolver na magia de um sonho, criando e dando vida às personagens da sua imaginação.

Sinopse – Hermenegildo, uma criança de 10 anos, é forçado, naquela noite negra, a fugir da sua pobre e humilde casa localizada numa pequena aldeia transmontana, para escapar à fúria de seu pai, viciado alcoólico, que mais uma vez o quer maltratar injustamente. Começa aí, para Hermenegildo, a sua odisseia, uma vida aventurosa que, etapa a etapa, vai vencendo com valentia, coragem e nobreza. Até ao dia em que tem de enfrentar o seu maior e mais mortífero inimigo, aquele que, sem saber, carrega dentro de si.

 

Centro Cultural Azambujense em Assembleia Geral

O Centro Cultural Azambujense reúne, em Assembleia Geral, na próxima Sexta-Feira, dia 27 de Março, a partir das 20h00. O local escolhido é a Sede da Colectividade, na Rua da Lavandeira, número 28.

A ordem de trabalhos é a seguinte:

Ponto 1: Informações
Ponto 2: Apreciação do Relatório de Actividades, Contas do Exercício de 2014, e Parecer do Conselho Fiscal
Ponto 3: Votação do Relatório de Actividades e Contas do Exercício de 2014

Se à hora marcada não estiver presente o número legal de sócios, fica desde já convocada nova Assembleia Geral Ordinária, a decorrer uma hora mais tarde.

Rúben Mateus – 2015

Elisabeth volta a Aveiras de Cima

Após o sucesso da estreia, a peça “Elisabeth” regressa a Aveiras de Cima, com uma nova data, e a mesma história, que levou dezenas de pessoas à sede da Filarmónica Recreativa de Aveiras de Cima. Precisamente o local, onde a peça, encenada e traduzida por João Ramos volta a subir a palco, no próximo Sábado, dia 28 de Março, a partir das 21h30. Os ingressos são vendidos no próprio dia, e custam 2 euros e meio para sócios, e 3 euros para não sócios. Esta é a segunda exibição de “Elisabeth” em Aveiras de Cima, após passagem pelo Centro Cultural do Cartaxo.

Rúben Mateus – 2015

Centro Colombo aberto ao Público

O Centro de Interpretação “Colombo”, existente em Vale do Paraíso, vai estar aberto ao público na tarde da última 6ªfeira de cada mês. A medida resulta da colaboração entre a Câmara Municipal de Azambuja e a Junta de Freguesia de Vale do Paraíso cujo protocolo já foi assinado.

O Centro de Interpretação evoca o histórico encontro secreto entre o rei português D. João II e o grande navegador Cristóvão Colombo, em Vale do Paraíso, que terá acontecido a 9 ou 10 de março de 1493. O caráter de secretismo da reunião prende-se precisamente com a relevância da descoberta do “Novo Mundo” na geoestratégia da época, nomeadamente para os reinos de Portugal e da atual Espanha. É este o contexto da exposição permanente “O Mundo Moderno também começou aqui no Séc. XV” ali patente e que a autarquia pretende dinamizar.

Com este acordo, aquele espaço cultural fica mais acessível à população. O município garante a presença de um técnico superior ligado ao Museu Municipal Sebastião Mateus Arenque – especialista na área da História – para acompanhamento dos visitantes, quer individuais quer em grupos. Refira-se que, além do dia marcado, poderão ser agendadas visitas guiadas noutros períodos, sempre por reserva prévia. A junta de freguesia, por seu lado, assume a logística de abertura, fecho e manutenção do equipamento.

O centro está integrado na “Casa Colombo” – imóvel recuperado pela Câmara Municipal e inaugurado em 25 de Abril de 2009 – que acolhe ainda a associação local de caçadores e a sede do Rancho Folclórico Danças e Cantares de Vale do Paraíso.

Correio de Azambuja

Câmara Municipal de Azambuja

2015