O Município de Azambuja e a empresa Infraestruturas de Portugal, S.A. assinaram, esta semana, dia 09 de janeiro, o acordo de colaboração relativo a uma intervenção na Estrada Nacional 3, com vista à redução da sinistralidade nesta via. O ato teve lugar no Salão nobre dos Paços do Concelho, em Azambuja e contou com as presenças do presidente da autarquia – Luís de Sousa, do Secretário de Estado das Infraestruturas – Guilherme d’Oliveira Martins e do presidente do conselho de administração da Infraestruturas de Portugal – António Laranjo. Durante a sessão, o responsável pela IP, S.A., fez uma exposição técnica da empreitada designada “EN3 – reformulação geométrica das intersecções aos kms 5,800 e 6,450”. A obra consistirá na execução de duas rotundas, nos pontos indicados, e na requalificação do troço que as irá ligar, incluindo a reabilitação de paragens de autocarros e restabelecimento de percursos pedonais. O custo estimado para esta intervenção é de 850.000,00 €, que só se tornou possível com a colaboração do Município de Azambuja, com um investimento de 250.000,00 €, referente a 50% do valor das duas rotundas.

Para a Plataforma Nacional 3, representada por André Salema, de Joaquim Ramos e Inês Louro, faltou “saber concretamente os “timings da obra” pois com concursos pelo meio e com conclusões do projecto, a data de início ou conclusão das obras foi relegada para segundo plano”.

(mais desenvolvimentos na próxima edição do Correio de Azambuja)