António Lança: uma vida, muitas histórias

10 novembro 2017

António Lança
António Lança

António Lança diz-nos que nunca gostou de dar entrevistas. Por isso, não o fizemos. Numa conversa, contou-nos parte da “história de uma pessoa que tem andado por aí e que vai andando”.
Após vinte anos passados em África, António Lança regressa a Lisboa, de onde tinha saído aos vinte e sete anos. Da capital para a vila de Azambuja, António veio, em 1978, ocupar o lugar de Técnico de Contas nos escritórios da Toul, onde se manteve durante cinco anos. Depois disso, é-lhe concedida a exploração de uma bomba de combustíveis e essa passou a ser uma das suas ocupações nos vinte anos que se seguiram, até ao ano de 2002. Não foi a única. Em Azambuja passou pela Câmara Municipal, pela Associação dos Bombeiros Voluntários, pelo Grupo Desportivo e pelo Centro Cultural Azambujense. Também o Correio de Azambuja faz parte deste capítulo, que começou há quase quarenta anos. António Lança ressuscitou o jornal, que acumulava já vinte anos de inatividade, “porque havia que dar a conhecer certas coisas de Azambuja.” Lançou “a primeira pedra” e o jornal foi passando de mão em mão, sem cair. Dois a três anos depois juntou-se à cooperativa que tinha a Rádio Ribatejo. “Na altura, fui convidado para entrar e começou a montar-se a rádio. Eu comecei a acompanhar mais por que estava mais por aqui, tinha mais tempo”. Conta-nos ainda que “toda a gente queria ir para a rádio” e, por isso, essa experiência deu-lhe a oportunidade de contactar com jovens de todo o concelho.
O trabalho junto das coletividades da freguesia iniciou-se na altura em que assumiu o cargo de Vereador da Cultura, na Câmara Municipal de Azambuja, em 1985. “Conheci muita gente e foi daí que partiu tudo”. Explica que da sua pasta faziam parte as coletividades e que foi tomando conhecimento das dificuldades que as mesmas enfrentavam, na altura. Chegou, assim, à Associação dos Bombeiros Voluntários de Azambuja, que se encontravam sem Direção. Atento à necessidade de lhe dar um rumo, por intermédio do Comandante Mário Jorge, constituiu uma lista, da qual fez parte como Vogal. O trabalho de toda a direção deu frutos e a crise foi ultrapassada. Saiu quatro anos depois e, já com o mandato na Câmara Municipal finalizado, seguiu para o Grupo Desportivo de Azambuja, como Presidente da Direção. “Fiz uma lista com muitos elementos que ajudaram muito e aí levámos o Desportivo para a frente”, com a reabilitação do antigo campo de futebol e, posteriormente, com a passagem para a sua localização atual, no Bairro da Ónia. Mais tarde, e cumpridos dois mandatos no GDA, associa-se ao Centro Cultural Azambujense, ao qual já tinha estado ligado, na altura em que estava na Câmara, através de um projeto para criar uma banda juvenil, com jovens de todas as bandas do concelho. Depois de várias mudanças de instalações, a Sede fixou-se no espaço que mantém atualmente, mas para fazer dele o que é hoje foi preciso trabalho: “Havia um projeto feito, mas era caríssimo. Então, através de conhecimentos de vários membros da direção, conseguimos forrar o salão a madeira e arranjar as instalações dentro do que estava estipulado no projeto”. E por ali se manteve. A ligação ao CCA e à Banda permaneceu. Diz-nos que funciona também como uma distracção, principalmente desde a altura em que deixou o posto de abastecimento. Aos 85 anos continua a manter-se ativo. Atualmente, já não faz parte da direção do Centro Cultural, mas ainda colabora. “Pedem-me opinião e vou ajudando”. Afirma que hoje em dia é cada vez mais difícil dirigir uma colectividade, pelas questões burocráticas e financeiras, e que a experiência facilita esse processo. Além do Centro Cultural, colabora também com um dos seus filhos, na empresa de assistência técnica de informática do mesmo.

Emilda Vaz lança marca VYbe

9 novembro 2017

Emilda Vaz
Emilda Vaz

“Foi um longo caminho até conseguir realizar este sonho e seria uma honra poder partilhar este momento de conquista na sua presença.”
Assim escreve Emilda Vaz, uma jovem de Azambuja que vai lançar a sua própria marca, a VYbe.
O que será? Curioso/a?
Faça-nos companhia.
O evento irá realizar-se hoje, dia 9 de Novembro, na Biblioteca Municipal de Azambuja, pelas 18 Horas.
Contamos consigo.

Concelho de Azambuja recebe três novos médicos

8 novembro 2017

Centro de Saúde de Azambuja
Centro de Saúde de Azambuja

O corpo de profissionais do Serviço Nacional de Saúde do Concelho de Azambuja vai ser reforçado com a colocação de três novos médicos. Os novos clínicos foram apresentados numa cerimónia de boas-vindas promovida pela Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, em Alverca.
O Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Estuário do Tejo, constituido pelos municípios de Azambuja, Alenquer, Arruda dos Vinhos, Benavente e Vila Franca de Xira, recebe, no total, treze novos médicos especialistas em Medicina Geral e Familiar, dos quais três virão desempenhar funções no concelho de Azambuja. Os três médicos prestarão serviço a tempo inteiro nas freguesias de Azambuja, que recebe um, e Aveiras de Cima, que acolhe os restantes dois. Está contemplada ainda a deslocação de um destes dois últimos à freguesia de Alcoentre, às segundas e quartas-feiras, onde prestará serviço durante todo o dia.
O Executivo Municipal, representado na cerimónia de boas-vindas pelo Presidente, Luís de Sousa, e pela Vereadora do pelouro da Saúde, Sílvia Vitor, pretende com esta medida minimizar a carência de cuidados saúde no concelho. A sessão contou ainda com as presenças da diretora executiva do Agrupamento de Centros de Saúde – Maria do Céu Canhão, e da presidente do conselho diretivo da ARSLVT – Rosa Valente de Matos.
TH 2017

Novembro nas Bibliotecas Municipais

7 novembro 2017

Biblioteca Municipal de Azambuja
Biblioteca Municipal de Azambuja

Já é conhecida a programação da Rede Municipal de Bibliotecas de Azambuja para o mês de novembro. As várias atividades vão decorrer nas bibliotecas de Azambuja, Aveiras de Cima e Alcoentre. O Município destaca as sessões temáticas que voltam a dinamizar as manhãs de sábado em Azambuja e em Aveiras de Cima. Jogar com a matemática, viajar através de histórias e ouvir contos de Natal, são as propostas destinadas à faixa entre os 4 e os 10 anos. A inscrição nas atividades é gratuita mas necessária.
Em Azambuja, destaque também para o dia 7 de novembro, em que a rubrica “Um autor apresenta-se…” convida o escritor Xico Braga (natural do Concelho de Azambuja) para uma conversa com os alunos da UTICA-Universidade da Terceira Idade. Na biblioteca de Alcoentre, além do serviço público, continua a aposta na interação com os idosos do centro social e com as crianças do pré-escolar e do 1ºciclo do centro escolar da vila. Em Aveiras de Cima, o Centro Cultural Grandella recebe, no dia 11, a sessão de banda desenhada “As aventuras do Zé Leitão e Maria Cavalinho”, pelo autor Pedro Leitão. A atividade é destinada a crianças a partir do 4 anos.
A restante programação pode ser consultada no site da Câmara Municipal de Azambuja.
TH 2017

Reunião do Executivo Municipal realiza-se amanhã

6 novembro 2017

Páteo Valverde - Azambuja
Páteo Valverde – Azambuja

O Executivo Municipal de Azambuja, vai realizar mais uma reunião ordinária no próximo dia 7 de novembro de 2017, terça-feira, no auditório do Páteo Valverde, pelas 15h00.
Da Ordem de Trabalhos fazem parte a discussão e votação dos seguintes pontos:
Ponto 1 – Regimento das Reuniões de Câmara – Alterações
Ponto 2 – Normas de atribuição de Bolsas de Estudo a estudantes do ensino superior – alterações
Ponto 3 – Apoios Financeiros:
3.1 – Associação Cultural e Recreativa de Casais das Boiças
3.2 – Casa do Povo de Aveiras de Cima
3.3 – Associação Recreativa de Casais de Baixo
3.4 – Agrupamento de Escolas do Alto de Azambuja
Ponto 4 – Aceitação de Doação – Quadros para Biblioteca Municipal
Ponto 5 – Estágios
5.1 – Instituto Politécnico de Santarém
5.2 – ISLA Santarém – Ratificação de Despacho
Ponto 6 – Empréstimo de Material:
6.1 – C.M. Almeirim
6.2 – Grupo Desportivo de Azambuja
6.3 – C.M. Cartaxo
6.4 – Associação Cultural “A Poisada do Campino”
6.5 – Irmandade do Santíssimo Sacramento de Azambuja
6.6 – Junta de Freguesia de Azambuja
6.7 – C.M. Cartaxo
Ponto 7 – Informações
Além do período de intervenção dos vereadores, o regimento prevê dois tempos para a intervenção do público, 60 minutos antes da ordem do dia mais 15 minutos no final só para os munícipes que não puderam estar presentes no início.
TH 2017

‘PAFT Fins-de-Semana’ organiza passeio de BTT

3 novembro 2017

Cartaz Passeio BTT - PAFT
Cartaz Passeio BTT – PAFT

Depois da hidroginástica e do ténis, as atividades quinzenais do Programa Atividade Física para todos (PAFT), da Câmara Municipal de Azambuja, regressam já no dia 12 de Novembro, com outra modalidade desportiva. A proposta é um passeio de bicicleta BTT, em Azambuja.
Desta vez, o município tem a parceria do grupo de BTT “Tombaminis” e, ainda, o apoio da Associação Recreativa e Cultural da SOCASA. O ponto de encontro está marcado para as 08h30 na sede daquela associação (junto às escolas Básica e Secundária), nos moldes habituais do PAFT, com inscrição gratuita e no local. As recomendações são as habituais, levar bicicleta BTT, capacete, água e um reforço alimentar.
Para o final do passeio, a Associação Socasa está a organizar um convívio gastronómico para o qual é necessário fazer inscrição prévia.
TH 2017