Quando, nos meios gastronómicos e da restauração se diz “o queijo do Adolfo” ou “o pão do Adolfo” geralmente não é preciso dizer mais nada. De facto, há 40 anos que Adolfo Henriques produz na sua Granja dos Moinhos, na Maçussa (Azambuja), um dos mais conhecidos queijos portugueses, curiosamente do tipo “chèvre” francês, presente em restaurantes de todos os estilos, de “tabernas” a “estrelados” – onde motivou variadíssimas receitas -, bem como nas lojas atentas às produções artesanais de qualidade.

Também os pães que se produzem na Granja são famosos, começando pelo de trigo em forno a lenha e, nos últimos tempos, recuperando uma variedade quase extinta, os de trigo barbela, entre vários outros produtos como queijo “camembert”, vinagres, ervas aromáticas, compotas ou frutas frescas. Os mais prestigiados chefes portugueses sabem que Adolfo Henriques lhes dá a segurança da qualidade e da autenticidade e é por isso que o nosso painel o escolheu como vencedor do Prémio Maria José Macedo – Produtor/Fornecedor do Ano 2020

Fonte: mesamarcada.com

Foto redes sociais.

Nota: Este prémio foi criado há dois anos como homenagem à produtora Maria José Macedo, da Quinta do Poial (Azeitão), uma pioneira da agricultura biológica que nos deixou cedo de mais, mas cujo exemplo continua a ser recordado.