Se na última quarta-feira, dia 8, teve oportunidade de passar junto do Mercado Diário de Aveiras de Cima, com certeza que reparou no grupo de alunos que estava a finalizar a pintura da fachada do mercado. Estes jovens, que frequentaram, no último ano letivo, o nono ano no Agrupamento Vale Aveiras, realizaram a pintura no âmbito do projecto TransformARTE, promovido pela Câmara Municipal de Azambuja.

O TransformARTE tem como objectivo trabalhar a cidadania e as artes, ao mesmo tempo que os jovens têm contacto com a comunidade local. A iniciativa começa com uma apresentação nas escolas e é trabalhado pelos alunos ao longo do ano letivo, sendo que os temas são sugeridos pelos jovens, retratando algo relacionado com a cultura do concelho.

Em 2021, o TransformARTE tornou-se de especial relevância para “minimizar os efeitos do confinamento e tirar os alunos da sala de aula”, como explicou ao Correio de Azambuja Catarina Gonçalves, técnica da área de Educação da Câmara Municipal.

Em Aveiras de Cima, a pintura do Mercado Diário fez-se em duas partes: a primeira, em maio, com a pintura das uvas; e a segunda, na passada quarta-feira, e que consistiu na conclusão do mural, que tem como tema a vinha e o vinho. No entanto, devido à agenda de Tiago Hacke, o artista convidado e aquele que acompanhou os jovens em maio, só agora é que foi possível finalizar o trabalho, embora o artista não tenha conseguido estar presente devido a motivos profissionais.

A conclusão da pintura, que durou um dia inteiro, começou com uma explicação dada pela artista Mafalda Gonçalves, que explicou como se faz a mistura das cores através das cores primárias. Para a artista, que estava em substituição de Tiago Hacke, o TransformARTE tem uma grande importância para incentivar os jovens a gostarem de arte. “O interesse vem da parte deles, e cada vez mais acho que isto é importante porque é uma escapatória”, explicou a artista ao Correio de Azambuja.

Já os alunos acham que o projecto é importante para ganhar novos conhecimentos, ao mesmo tempo que têm contacto com a comunidade, como confirmaram Francisco Rodrigues e Martim Gaspar, que aproveitaram a ação para rever os amigos, antes de voltarem à escola, mas também para sair um pouco de casa.

O projecto TransformARTE, criado em 2019, também levou a pintura à vila de Azambuja e a Manique do Intendente, este ano letivo vai regressar com novas ideias e técnicas diferentes. Tiago Hacke foi o artista convidado da edição de 2021.