Desemprego estabiliza em Azambuja, mas cresce em relação ao ano anterior

No passado mês de Fevereiro, existiam em Azambuja, 1115 desempregados. Dos quais 47 são jovens à procura do 1º emprego. Um número
idêntico ao registado em Janeiro deste ano. No entanto, a passagem “compulsiva” dos desempregados inscritos do centro de Emprego de Vila Franca para o Centro de Santarém também provocou desistências entre os interessados, a par dos cortes já efectuados nos números de pessoas com subsídio. Estes números que correspondem a cerca de 5% da população residente podem ser considerados muito positivos no entanto esta leitura, pode ser considerada muito directa e superficial se atendermos à idade da população residente, maioritariamente idosa e às prestações de serviços a recibo verde ou a tempo parcial. Aí a observação poderá ser muito mais agravada, aliás e emcomparação, Santarém “apenas possui 3100 desempregados, o que para a dimensão do concelho, coloca este município em patamar menos preocupante. Maispreocupante é o caso de Azambuja ou Alenquer (2.200 desempregados), que mantêm algum  nível de emprego mas à custa de 2 vectores independentes: Uma parte significativa da população activa destes concelhos trabalha em Lisboa e a outra parte tem trabalho pago a médias muito próximas do salário mínimo nacional” – esclarece um ecspecialista por nos contactado.

Já Vila Franca de Xira apresenta na região um quadro de omplicado desenvolvimento com 7500 desempregados inscritos. Já Lisboa tem
27.280  desempregados, dos quais 1.675 são jovens.Resta  esclarecer que há um ano, em Fevereiro de 2011, os desempregados no concelho de Azambuja eram 970.Um aumento em relação ao período homólogo do ano transacto. A estes números não será estranha a conjuntura nacional e internacional e ao facto de a zona industrial de Azambuja estar em período de franco “arrefecimento”.

Lista de André Salema venceu eleições para os Bombeiros de Azambuja


Actualização: A Lista única a sufrágio para os Bombeiros deAzambuja foi a vencedora para o próximo mandato.

A situação dos Bombeiros em Portugal atravessa momentos difíceis e em Azambuja também o panorama não é animador. Os cortes nas subvenções municipais e transportes já obrigaram à dispensa de alguns elementos e agora a Direcção vai mudar no próximo sábado com a provável eleição de André Salema que encabeça a Lista A e que deverá ser a única a sufrágio.

O programa para o próximo triénio já é conhecido e pode ser consultado em:

ou no blogue : www.estadovelho.blogspot.com

Loja de ouro assaltada à luz do dia, GNR investiga.

Uma das lojas de compra e venda de ouro em Azambuja, perto dos bombeiros, fo hoje alvo de uma tentativa de assalto.  O acto foi extremamente rápido e mesmo sendo um local de muita passagem, não há grandes pormenores sobre o assunto, embora ao final da tarde um carro estacionado junto à loja tenha sido alvo de busca por 2 militares da GNR local. O veículo encontrava-se aberto e sem ocupantes por perto, facto que poderia ter indiciado que se tratasse do veículo de fuga depois do assalto. Refira-se que a loja permaneceu encerrada até ao final do dia e que a investigação está agora entregue às autoridades

exclusivo: Correio de Azambuja 2012.

“A Reforma do Poder Local” foi tema de debate concorrido.

A divisão administrativa das freguesias e concelhos de Portugal continua na ordem do dia tanto na Assembleia da República com nas autarquias. Longe de ser consensual, o tema que foi abordado em reunião dos socialistas azambujenses no passado fim de semana em V. N. de S. Pedro,  e na passada 6ª feira foi o tema de mais uma iniciativa da Coligação pelo Futuro da nossa Terra.

O debate realizou-se em Aveiras de Baixo na Junta de Freguesia e contou a presença de Jorge Gaspar, chefe de gabinete do Secretário de Estado da Administração Local. Curiosamente este debate levado a efeito pela cologação de direita, haveria de ser muito concorrido especialmente pelos autarcas (de esquerda) do concelho de Azambuja. Entre eles sobressaiu a participação de Lúcio Costa, presidente da junta de Freguesia de Vila Nova de São Pedro para quem :   ” não faz sentido, extinguir o único elo de ligação entre a população da freguesia e o poder. A freguesia está a 30 km da sede do concelho”-afirmou.

Aliás já não é a 1ª vez que este edil o afirma, tendo até posto em causa de alguma forma a própria freguesia de Azambuja que, por ocupar o mesmo espaço da câmara tem menos relevo que V. N. de São Pedro,”para quem provavelmente e sua junta faz mais falta!” – isto afirmou-o na última assembleia municipal. o debate contou ainda com outros presidentes de junta que expressaram as suas preocupações em relação ao assunto.

Mais informação em   www.estadovelho.blogspot.com

“Mimar e ler” : o lema em Azambuja para Março nas bibliotecas.

 

Março vai volttar a ser o mês de leitura nas bibliotecas de Azambuja assim, durante todo o mês, as três bibliotecas da rede municipal de Azambuja voltam a promover diversas actividades. Segundo informação dos serviços, o destaque vai inteiramente para o regresso das sessões “Mimar a Ler” (em Azambuja), dirigida aos bebés dos 9 aos 24 meses. Esta iniciativa vai ao encontro da necessidade manifestada pelos utilizadores para a realização de actividades para os mais pequeninos. Mas também há propostas de leitura específicas para outras faixas etárias da infância. Os objectivos da iniciativa passam pela introdução do livro e da leitura aos mais novos, assim como de hábitos de manuseamento do livro que ajudarão a criar, mais tarde, hábitos de leitura. Em Alcoentre, além das crianças, também os idosos do Centro de Dia são mimados com visitas e leituras (dois dias por semana).

Acidente nos Casais de Lagoa – Azambuja, provoca 2 feridos graves

Esta tarde de domingo 4 de Março, fica marcada por um acidente muito grave na EN 3 junto aos semáforos dos Casais da Lagoa, concelho de Azambuja e em que colidiram frontalmente 2 veículos ligeiros. Os danos são irreparáveis em ambos os veículos e há a lamentar 2 feridos considerados em estado grave. Além dos bombeiros do Cartaxo, foi deslocada uma viatura “rápida” do INEM que saiú de Santarém para onde seguiram os feridos do acidente.

A EN 3 foi também palco de um outro acidente dias antes, 5ª feira quando 2 jovens de azambuja regressavam do Cartaxo tendo a viatura entrado em despiste antes da curva do Gaio. Deste acidente resultou a morte imediata de um dos jovens de 39 anos residente em Azambuja. Desconhecem-se até ao momento as razões do despiste mas o condutor já foi interrogado pelas autoridades.