A nova Assembleia de Freguesia de Azambuja tomou posse esta sexta-feira, dia 8 de outubro, numa cerimónia que teve lugar no auditório do Páteo Valverde, em Azambuja. André Salema, o novo presidente daquela Junta de Freguesia, garantiu que vai estar próximo dos fregueses, e quer que estes tenham um maior conhecimento sobre o trabalho que é realizado pela junta.

O agora presidente da junta de Azambuja, eleito com 1.177 votos nas eleições de 26 de setembro, adiantou que vai exercer as suas funções a tempo parcial, o que vai permitir à Junta de Azambuja poupar dinheiro, dinheiro este que, segundo ele, “será canalizado para aquilo que a junta precisa”, assim como o reforço dos recursos humanos e não humanos da junta.

Esta cerimónia, que contou com a presença de vários autarcas do concelho, bem como por alguns elementos dos Bombeiros de Azambuja, coletividade onde André Salema foi presidente até maio deste ano, ficou ainda marcada pela entrega das chaves do edifício da Junta de Azambuja. O novo presidente recebeu a chave da junta pela sua antecessora, Inês Louro.

Antes da entrega da chave, a agora vereadora eleita da Câmara Municipal de Azambuja fez questão de recordar os oito anos que esteve à frente da Junta de Azambuja, recordando ainda as dificuldades e desafios dos dois mandatos. “Encerramos este mandato de forma digna, fomos acusados de muita coisa e de não cumprir com as nossas funções, mas a verdade é que passámos por muitas dificuldades, sobretudo quando aqui chegámos”, disse.

“Hoje, terminamos as nossas funções com dez funcionários e mais de 28 mil euros nos cofres da junta. Há oito anos, eram oito mil euros que lá estavam quando tomei posse”, acrescentou Inês Louro, aproveitando para destacar o trabalho realizado pela junta, bem como para agradecer “às coletividades e a todos aqueles que me ficaram no coração”.

O novo executivo, para além de André Salema, será ainda composto por João Simões, Ângela Inácio, Soledade Batalha e José Cachado. Já a mesa da Assembleia será composta pela presidente Natacha Correia, Joana Silva e Pedro Bernardeco como primeira e segundo secretários, respetivamente.