Saúde: Dia Aberto nos centros de Saúde

Dia Aberto Centro Saúde
Dia Aberto Centro Saúde

De forma a valorizar e melhor comunicar para a relevância da adoção de estilos de vida saudáveis, a ARSLVT vai promover no próximo dia 14 de novembro uma Mega Evento, o primeiro Dia Aberto de âmbito Regional nos Centros de Saúde sobre o mote “mais vida mais saúde”.
O objetivo principal do Evento é promover e alertar, num dia especial, para a prática da alimentação saudável e equilibrada e do exercício físico, em simultâneo, nas Unidades de Saúde dos 15 Agrupamentos de Centros de Saúde (ACES) e respetivas comunidades, fomentando o trabalho em rede, envolvendo 52 concelhos e 355 freguesias.
O Evento será um veículo de transmissão da mensagem de que a Unidade de Saúde desempenha um papel de grande importância na adoção de estilos de vida saudáveis, sendo, também, um meio de motivação das equipas e profissionais das Unidades para esta abordagem e uma forma de premiar a inovação.
As atividades terão o seu início pelas 9h, em simultâneo, em todas as Unidades de Saúde dos 15 ACES da ARSLVT e decorrem ao longo do dia.
Todos os profissionais das Unidades (médicos, enfermeiros, administrativos, e outros técnicos) vão desenvolver as atividades em conjunto com os utentes.
Pretende-se que este dia seja marcado com a ideia de que as Unidades de Saúde “administram” Saúde, atividade física com base da Saúde, alimentação com base da Saúde e conhecimento/literacia com base da Saúde, de forma a promover saúde e bem estar aos utentes.
Exemplos de iniciativas que estarão disponíveis neste dia:

– Sessões de atividade física;

– Sessões de literacia em saúde;

– Workshops de comida saudável;

– Avaliação do estado nutricional dos utentes;

– Sessões de divulgação das entidades locais com atividade física ou outro tipo de atividade saudável;

– Aconselhamento nutricional;

– “Espera ativa” – desenvolvimento de pequena sequência de movimentos para os utentes realizarem nas salas de espera;

– Sessões de educação sobre a utilização correta dos medicamentos.

Está a chegar o dia aberto…

Vem aí o Dia Aberto no Centro de saúde de Azambuja.
Participe
09:00-10:00 – “Mexer nas Rotinas – toca a Andar” (sala Polivalente UCCA/ Percurso Pedestre na Vila/ Jardim Urbano de Azambuja);
11:00 – 12:00 – Cárie na 1ª Infância
15:00 – 16:00 – Não à DiabetesDia Aberto Centro Saúde Dia Aberto

Todas as atividades necessitam de inscrição prévia, as pessoas devem contactar telefonicamente o Centro de Saúde, com a exceção da atividade que se intitula “Virei a ter Diabetes?”(9H-17H) que consiste num rastreio de avaliação de risco da diabetes, não precisando de inscrição prévia.

Aqui está a edição de Outubro de 2017

EDITORIAL
Bem-vindos a mais uma edição do Correio de Azambuja:
Depois de um tempo dedicado às eleições autárquicas, está retomada a actividade política e a gestão dos interesses de proximidade.
O Correio de Azambuja, acompanhou de perto as tomadas de posse das freguesias do concelho e aqui estão as fotos.
Depois de alguma concorrência, de alguma troca de “galhardetes”, a tendência é para uma calmaria que se espera seja em proveito dos fregueses de todas as freguesias.
Há quem diga que as eleições são um tempo positivo na vida do concelho porque, as obras e as realizações são manifestamente mais visíveis nos últimos meses dos mandatos.
Em Azambuja,foram as piscinas e os campos de ténis, em Aveiras de Cima, foi o jardim Infantil público da freguesia,foram os equipamentos de manutenção em Vale do Paraíso, ou o alcatrão que veio refazer estradas degradadas, estes são os exemplos que, em final de mandato todos querem deixar boa imagem.
No dia 1 de Outubro, em Azambuja, a abstenção foi menor, tal como no resto do país e os votos foram maioritariamente para o Partido Socialistas que aumentou a sua vantagem, estando agora com uma confortável maioria absoluta. E mais, reconquistou a junta de freguesia de Aveiras de Baixo.
Em Aveiras de Cima e na União de Freguesias, a CDU, continua a ser a força que lidera, contrastando com os lugares para a câmara em que perdeu votação e um vereador.
Mas o que se seguiu, depressa fez esquecer a festa. Um Verão que parece não ter fim, fez despertar o flagelo do fogo, E Portugal ardeu. Outra vez.
“Nuestros hermanos”, não têm vergonha em assumir que há mão criminosa. que há gente mal formada e ignorante que começou a fazer queimadas nesse fim de semana. Lamentável.
Tão lamentável como o número de mortos que esta tragédia fez aumentar.
Ainda não estamos a salvo, mas só se espera que cada um de nós possa ser um vigilante da floresta.e que, em caso de suspeita de fogo posto, avise as autoridades. Passa a ser um dever cívico.
Esperemos que a chuva volte depressa e apague as feridas que ainda estão bem vivas na memória de tantas famílias

Posto isto, vamos então desejar-lhe um mês excelente,

boas leituras
Paulo Ferreira de Melo
( se não encontrar num comerciante perto de si, experimente aqui https://issuu.com/correiodeazambuja/docs/correio_de_azambuja_out2017

Correio de Azambuja edição de Outubro de 2017
Correio de Azambuja edição de Outubro de 2017

Dia Aberto no Castro de Vila Nova de São Pedro

18 julho 2017

Castro - Vila Nova de São Pedro
Castro – Vila Nova de São Pedro

No próximo dia 19 de julho irá decorrer no Castro de Vila Nova de São Pedro o “Dia Aberto” a toda a população e comunidade, onde será possível realizar visitas guiadas e ateliers de arqueologia experimental, entre as 08h00 e as 19h00. Neste dia, cerca de 120 crianças inscritas na actividade “Férias Desportivas” irão visitar o “Castro de Vila Nova de S. Pedro”.
“Vila Nova de São Pedro, de novo – no 3º milénio” – VNSP 3000 – é um projecto com diversas valências e campos de acção cujo principal objectivo é realizar a valorização científica, patrimonial e social do povoado fortificado. Este projecto é da responsabilidade de uma equipa de arqueólogos da Associação dos Arqueólogos Portugueses (AAP), UNIARQ – Centro de Arqueologia, Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (FL-UL) e da Fundação para Ciência e Tecnologia (FCT), tendo o apoio da Câmara Municipal da Azambuja e da União das Freguesias de Manique do Intendente, Vila Nova de São Pedro e Maçussa. Nos trabalhos participam alunos da licenciatura e mestrado da FLUL. Com a iniciativa do “Dia Aberto” pretende-se divulgar o trabalho desta equipa, bem como potenciar a aproximação de todos ao importante património que é o povoado Calcolítico de Vila Nova de São Pedro.
Os trabalhos arqueológicos no “Castro de Vila Nova de S. Pedro” tiveram início no dia 03 de julho e decorrerão atá ao próximo dia 21 de julho.
TH 2017