Reunião do Executivo Municipal realiza-se amanhã

6 novembro 2017

Páteo Valverde - Azambuja
Páteo Valverde – Azambuja

O Executivo Municipal de Azambuja, vai realizar mais uma reunião ordinária no próximo dia 7 de novembro de 2017, terça-feira, no auditório do Páteo Valverde, pelas 15h00.
Da Ordem de Trabalhos fazem parte a discussão e votação dos seguintes pontos:
Ponto 1 – Regimento das Reuniões de Câmara – Alterações
Ponto 2 – Normas de atribuição de Bolsas de Estudo a estudantes do ensino superior – alterações
Ponto 3 – Apoios Financeiros:
3.1 – Associação Cultural e Recreativa de Casais das Boiças
3.2 – Casa do Povo de Aveiras de Cima
3.3 – Associação Recreativa de Casais de Baixo
3.4 – Agrupamento de Escolas do Alto de Azambuja
Ponto 4 – Aceitação de Doação – Quadros para Biblioteca Municipal
Ponto 5 – Estágios
5.1 – Instituto Politécnico de Santarém
5.2 – ISLA Santarém – Ratificação de Despacho
Ponto 6 – Empréstimo de Material:
6.1 – C.M. Almeirim
6.2 – Grupo Desportivo de Azambuja
6.3 – C.M. Cartaxo
6.4 – Associação Cultural “A Poisada do Campino”
6.5 – Irmandade do Santíssimo Sacramento de Azambuja
6.6 – Junta de Freguesia de Azambuja
6.7 – C.M. Cartaxo
Ponto 7 – Informações
Além do período de intervenção dos vereadores, o regimento prevê dois tempos para a intervenção do público, 60 minutos antes da ordem do dia mais 15 minutos no final só para os munícipes que não puderam estar presentes no início.
TH 2017

Azambuja, Luis de Sousa com António Costa.
Azambuja, Luis de Sousa com António Costa.

Azambuja, 26 Outubro 2017
Após uma semana de conversações internas
a composição do Executivo Municipal de Azambuja 2017/2021 é a seguinte:
Luís Manuel Abreu de Sousa (PS) – Presidente
Urbanismo e Ordenamento do Território; Fiscalização e Contraordenações; Finanças; Organização e Modernização Administrativa; Relações Externas; Proteção Civil Municipal; Projetos e Empreitadas; Juntas de Freguesia.

Sílvia Margarida Narciso Vítor (PS) – Vereadora
Educação; Intervenção Social (incluindo Habitação Social); Saúde; Emprego; Juventude e Ocupação dos Tempos Livres; Desporto; Recursos Humanos.
Silvino José da Silva Lúcio (PS) – Vereador
Água e Saneamento; Resíduos Sólidos e Reciclagem; Ambiente, Parques e Jardins; Iluminação Pública; Mercados e Feiras; Cemitérios; Controlo da População Animal e Profilaxia; Obras por Administração Direta; Transportes e Oficinas; Sinalização e Trânsito; Segurança.
António José Mateus de Matos (PS) – Vereador
Cultura; Património Cultural; Turismo; Coletividades; Fundos Comunitários e Desenvolvimento Económico; Património; Poluição Sonora e Atmosférica; Reabilitação Urbana; Promoção e Desenvolvimento.
Compõem, ainda, este órgão, mas sem pelouros atribuídos, os vereadores Rui Pedro Figueiredo Corça (PSD), Maria João Martins Canilho de Sousa (PSD) e David José Pinto Mendes (CDU).

A primeira sessão de câmara em Azambuja

1ª sessão
1ª sessão

25 de Outubro de 2017
O novo Executivo Municipal de Azambuja realizou a sua primeira reunião ordinária no atual mandato autárquico.
As primeiras propostas aprovadas mantêm o dia de terça-feira e a periodicidade quinzenal das reuniões deste órgão, já praticados pelo executivo anterior. De acordo com o novo regimento, foi igualmente aprovado que, a cada quatro sessões na sede do município, se realize uma reunião de Câmara descentralizada em cada uma das sete freguesias do concelho. Relativamente à hora de início, nas freguesias os trabalhos começarão às 17h00. O horário das reuniões habituais, neste arranque de mandato estabelecido às dez da manhã, ficou a ser ponderado pelo Executivo, até à próxima sessão, a sua manutenção ou eventual mudança.
Ficou definido que todas as reuniões públicas contemplam 60 minutos destinados ao público, no período “antes da ordem do dia”, bem como a oportunidade de intervenção no final da reunião para os munícipes que não possam estar presentes no início. As reuniões serão aprovadas em minuta, no final das mesmas, e terão como responsável pelo secretariado e elaboração das respetivas atas a diretora do Departamento Administrativo e Financeiro, Dra. Irene Lameiro.
Relativamente ao funcionamento do Executivo Municipal, foi deliberado delegar no presidente – de acordo com a legislação vigente – um conjunto de competências da Câmara com vista a uma gestão mais eficaz do município. Quanto à sua composição, foi aprovada a designação de mais dois vereadores em regime de tempo inteiro (ao abrigo do nº2 do artº 58 da Lei nº 169/99) – vereador Silvino Lúcio e vereador António José Matos; a que se junta a vereadora Sílvia Vitor, já nomeada por despacho (conforme previsto no nº1 do artº 58 da Lei nº 169/99).
Nesta primeira sessão, foi aprovada a lista de técnicos que integrarão as comissões de vistorias no âmbito do regime jurídico da urbanização e edificação, designadamente para a concessão de licenças de utilização de edifícios, para a receção de obras ou para a verificação de condições de segurança e salubridade. A lista reúne um total de 13 funcionários, entre técnicos das áreas da arquitetura, do urbanismo e das engenharias, para além de fiscais municipais.
No âmbito dos regulamentos da responsabilidade da autarquia, foram tomadas duas deliberações com vista à abertura dos respetivos procedimentos tendentes à elaboração de dois documentos reguladores, a saber, o Regulamento do Serviço de Fiscalização do Município de Azambuja e o Regulamento de Cedência Temporária de Equipamentos e Mobiliário do Município de Azambuja. Todos os cidadãos interessados em participar nessa elaboração, deverão apresentar o seu contributo por escrito com requerimento dirigido aoPresidente da Câmara.
No campo dos apoios, foi aprovado o protocolo de colaboração com a Associação Cultural A Poisada do Campino referente à celebração do cinquentenário do Grupo de Forcados Amadores de Azambuja. Refira-se que o grupo está constituído como secção daquela coletividade desde março do ano 2007, constituindo a expressão de cultura tauromáquica com mais projeção no município. O referido protocolo estabelece um apoio financeiro de doze mil euros às referidas comemorações dos 50 anos de existência e atividade praticamente ininterrupta.
Por fim, na sequência do concurso público lançado para concessão do direito de ocupação e exploração de espaço público para atividade de exposição e comercialização de automóveis, foi aprovada a proposta de adjudicação ao concorrente José Augusto Soares de Oliveira. O contrato, a assinar entre as partes, estabelece uma renda mensal de mil euros e é válido por um ano, renovável por períodos de igual duração. O local em causa corresponde a uma área de estacionamento público praticamente sem utilização, na entrada nascente da vila de Azambuja.
foto: Correio de Azambuja

Aqui está a edição de Outubro de 2017

EDITORIAL
Bem-vindos a mais uma edição do Correio de Azambuja:
Depois de um tempo dedicado às eleições autárquicas, está retomada a actividade política e a gestão dos interesses de proximidade.
O Correio de Azambuja, acompanhou de perto as tomadas de posse das freguesias do concelho e aqui estão as fotos.
Depois de alguma concorrência, de alguma troca de “galhardetes”, a tendência é para uma calmaria que se espera seja em proveito dos fregueses de todas as freguesias.
Há quem diga que as eleições são um tempo positivo na vida do concelho porque, as obras e as realizações são manifestamente mais visíveis nos últimos meses dos mandatos.
Em Azambuja,foram as piscinas e os campos de ténis, em Aveiras de Cima, foi o jardim Infantil público da freguesia,foram os equipamentos de manutenção em Vale do Paraíso, ou o alcatrão que veio refazer estradas degradadas, estes são os exemplos que, em final de mandato todos querem deixar boa imagem.
No dia 1 de Outubro, em Azambuja, a abstenção foi menor, tal como no resto do país e os votos foram maioritariamente para o Partido Socialistas que aumentou a sua vantagem, estando agora com uma confortável maioria absoluta. E mais, reconquistou a junta de freguesia de Aveiras de Baixo.
Em Aveiras de Cima e na União de Freguesias, a CDU, continua a ser a força que lidera, contrastando com os lugares para a câmara em que perdeu votação e um vereador.
Mas o que se seguiu, depressa fez esquecer a festa. Um Verão que parece não ter fim, fez despertar o flagelo do fogo, E Portugal ardeu. Outra vez.
“Nuestros hermanos”, não têm vergonha em assumir que há mão criminosa. que há gente mal formada e ignorante que começou a fazer queimadas nesse fim de semana. Lamentável.
Tão lamentável como o número de mortos que esta tragédia fez aumentar.
Ainda não estamos a salvo, mas só se espera que cada um de nós possa ser um vigilante da floresta.e que, em caso de suspeita de fogo posto, avise as autoridades. Passa a ser um dever cívico.
Esperemos que a chuva volte depressa e apague as feridas que ainda estão bem vivas na memória de tantas famílias

Posto isto, vamos então desejar-lhe um mês excelente,

boas leituras
Paulo Ferreira de Melo
( se não encontrar num comerciante perto de si, experimente aqui https://issuu.com/correiodeazambuja/docs/correio_de_azambuja_out2017

Correio de Azambuja edição de Outubro de 2017
Correio de Azambuja edição de Outubro de 2017

Câmara de Azambuja toma posse em Aveiras

17 Outubro de 2017

Todos os eleitos do passado dia 1 de outubro de 2017, tomaram posse ao final do dia, na Casa do Povo de Aveiras de Cima.
Num anfiteatro quase cheio, os novos autarcas tomaram posse comprometeram-se a “desempenhar com lealdada os cargos para os quais foram eleitos”. Tendo Luís de Sousa (PS), que renova o mandato referido no seu discurso que ” agradeço ao concelho e à sua população o voto que nos deram e prometo ser o presente daqueles que em mim votaram, mas também daqueles que não votaram. É tempo de investir!. Tempo de continuar trabalho em prol da implantação de novas empresas, da criação de postos de trabalho e de lançar as bases para uma futura escola profissional.”
Luís de Sousa, enalteceu ainda o ambiente de tranquilidade democrática em que decorreu a campanha eleitoral e conjuntamente com Sílvia Vítor, Silvino Lúcio e António José Matos, vai governar o município até 2021, pairando apenas no ar a dúvida se, nos próximos anos, não deverá abandonar o cargo, uma das teorias da oposição na altura.
No início da sessão foi guardado um minuto de silêncio em memória das vítimas dos incêndios do passado domingo. (na foto abaixo)
Tomada de posse 2017-2021

Câmara toma posse amanhã

16 outubro 2017

Paços do Concelho
Paços do Concelho

Realiza-se amanhã, dia 17 de outubro, a cerimónia de instalação da nova Assembleia Municipal e da nova Câmara Municipal de Azambuja. A tomada de posse dos membros eleitos para estes órgãos está marcada para as 20h30, no auditório da Casa do Povo de Aveiras de Cima.
O mandato dos novos órgãos municipais, bem como dos órgãos das freguesias, eleitos no passado dia 1 de outubro, deverá vigorar até 2021.
TH 2017